Archive for 23 de outubro de 2017

O desaparecimento do anarquista

Sua vida era nômade. Embarcava em diferentes navios, desaparecia da sua cidade durante o tempo da viagem. Viver para ele era não ter regras, amarras, poder gozar da liberdade em sentir e agir. Havia, no entanto, um porto seguro, os braços de uma mulher que despertara sua paixão e que aceitava esse estilo de bem viver. Ela o compreendia, como ninguém. Admirava e amava aquele belo homem e confiava no seu afeto. » Read more

Share This: