Recordações: a visita e os sobrinhos

canudinhosTempo de férias, de convivência com sobrinhos, agora adultos, estimulou boas recordações de travessuras na infância. Entre as muitas lembranças essa teve destaque.

A família dos anjinhos, então com cinco e sete anos, os preparou para uma esperada visita de parentes que viviam em uma cidade do interior. A mãe fez várias recomendações para que causassem boa impressão. Foram orientados a cumprimentarem os tios, educadamente, e não atrapalharem a conversa dos adultos. Deveriam permanecer no quarto brincando, sem barulho ou brigas, e só  retornarem à sala quando fossem chamados para as despedidas. Tudo entendido? O “sim” em coro da dupla indicava compreensão plena de como deveriam se comportar. » Read more

Share This:

Um canto de Natal

passarosAtravessou a cidade para o ritual de final de ano e pela primeira vez sem a companhia de seu pai, vencendo com dificuldade o desejo de desistir. Diante da conhecida loja de plantas e flores seu coração acelerou ao recordar o abraço afetuoso que seu pai sempre reservava ao amigo, dono da loja. O amigo também partira nesse mesmo ano e imaginou que o abraço deles agora devia se concretizar em outra dimensão. Reconheceu no atendente, filho do dono, o mesmo olhar e sorriso do pai, embora estivesse presente uma tristeza, até então, desconhecida. O silêncio de ambos expressava a cumplicidade do sentimento, o partilhamento da mesma saudade. » Read more

Share This:

Prato Predileto

prato-predileto

Programou um almoço com um amigo querido. Ele em recuperação de pequena cirurgia, que ainda requeria cuidados e atenção, sugeriu que o almoço fosse na casa dela. Ela não se recordava de qualquer elogio recebido nas suas poucas aventuras culinárias e o velho fogão, com mais de 30 anos, era menos um eletrodoméstico e mais uma peça de decoração. Embora insegura com a proposta, resolveu enfrentar o desafio. » Read more

Share This:

Paciência tem limite

playmobilOs bonequinhos Playmobil surgiram na década de 70 e desde então fazem sucesso. Pequenos, mãozinhas articuladas em forma de u, cabelinhos inconfundíveis. Acompanhados de acessórios compõem diferentes grupos que estimulam a construção de histórias. Os bonequinhos se reproduzem em inúmeros bombeiros, policiais, personagens de circo, habitantes de cidades, pilotos, passageiros de naves espaciais, estimulando a imaginação infantil. » Read more

Share This:

Os tios

tios-copia

Tempo de férias, de encontro e convivência com tios e primos no sítio. Aproveitar os dias correndo soltos e inventar brincadeiras pelos campos. Pega-pega, subir nas árvores, comer os frutos no pé, mergulhar no rio, observar o tio Odair trabalhar na roça, descobrir insetos, pássaros, animais de todo tipo e tamanho.

Era ao entardecer que tinha início a grande aventura. Primeiro o banho frio, de canequinha, e a vistoria da tia Irma. Ela conferia detalhadamente em cada um a limpeza das orelhas, pescoço e pés e somente então liberava as roupas limpas e a ida para a sala de jantar. Na sala já estava o tio Odair, sentado ao lado do grande astro da casa, que imponente, repousava na estante. Os sobrinhos acomodavam-se em volta para assistir ao ritual. » Read more

Share This:

« Older Entries Recent Entries »